28/08/15
Adornare Acessórios e meu amor por prata envelhecida

Esse negócio de conhecer marcas pequenas, mas com ideias lindas é muito bom, a cada dia uma história de vida que eu tenho conhecido e tido a honra de contar aqui no blog.

É o caso da Adornare, um ateliê de acessórios lindos feitos pela Daniella, que começou a marca de brincadeira, fazendo bijus para as amigas no Carnaval. E já fazem 23 anos (vocês nem imaginam a idade da Dani) e a brincadeira agora é um negócio artesanal com criações lindas e únicas.

adornare-acessorios

Daniella essa linda mostrando suas criações no Mercado Aberto!

Mostrei um pouquinho da Adornare no Mercado Aberto, mas hoje vou mostrar muito! E os detalhes e tudo mais das minhas peças preferidas da marca. Fui visitar o ateliê da Daniella e pude escolher as peças para mostrar aqui para vocês!

adornare-acessorios

 

Eu tenho amor por peças em prata envelhecia que tendem para o chumbo,  é com certeza meu acabamento preferido, mas a Adornare tem peças em dourado, prata, bronze… todos os gostos e tendências.

adornare

Amor demais esse maxi colar e o brinco com o mesmo tom no metal e nas pedrarias. ♥

IMG_20150821_211433IMG_20150821_211251

Esse conjunto com tons de azul e prata envelhecida me conquistou, acho muito linda essa mistura.

adornare-acessoriosadornare-acessoriosadornare

Eu amei todas as pulseiras, mas essa folha linda com pulseira de camurça roxa foi minha preferida ever!

adornare

A Dani faz muitos conjuntos, mas o legal é que você pode desmembrá-los e usar combinando com outras pulseiras, eu adorei fazer várias combinações.

adornare-acessorios

Babem comigo nesses brincos poderosos! Achei com um jeitinho boho muito atual.

O que mais me chamou a atenção nos acessórios da Adornare com certeza foi a originalidade das peças, mas o cuidado e a qualidade também me encantaram, além da simpatia e simplicidade da dona da marca, que também ministra cursos de criação me montagem de acessórios aqui em Juiz de Fora.

Mas ó, a marca entrega no Brasil todo e atende pela página no Facebook, que aliás, vale a pena curtir, pois sempre tem os lançamentos e sorteios lá. 😉

24/08/15
Vestido de poá plus size

vestido-de-poa-plus-size

Sentido! Fui escolher as fotos para o look dessa semana, com vestido de poá plus size lindo da Chic e Elegante, e me deparei com essa foto! 😀

Gracinhas a parte, me senti muito fina com esse vestido, me deu um ar mais mulher, não é? Um pouco diferente do estilo que costumo mostrar aqui e usar no meu dia a dia. Mas mesmo assim, achei que o look combinou muito comigo.

Além disso, fiquei encantada com o vestido e com a loja, que é especializada em moda plus size, mas não é só isso, pois as peças tem estilo, personalidade e são lindas! E o melhor, uma grade que vai do manequim 42 ao 58! Isso me deixa emocionada! ahaha Pois a Chic e Elegante é a prova cabal de que dá para atender o público plus size com bom gosto, qualidade e modernidade.

 

vestido-polka-dots-plus-size

Eu adoro polka dots, ou poá, ou ainda, bolinhas. Principalmente em preto e branco, tenho algumas peças com essa estampa no meu guarda roupa e acho que é o tipo de print clássico, que é sempre bom ter e dá para usar em composições mais elegantes ou mais descontraídas, é realmente muito versátil.

vestido-de-poa-plus-size

Decidi combinar o vestido em preto e branco com um pouco de cor, no caso o vinho, que apareceu tanto no meu poncho, quanto no mocassim e no batom.

vestido-de-bolinha-plus-size

Detalhes importantes do vestido: a modelagem, o acinturado, o tecido fluído e confortável e detalhe em renda que vocês podem conferir melhor nas fotos a seguir.

vestido-de-poa-plus-size

Tenho feito muitas fotos em escadas, acho que estou me sentindo meio aquelas estrelas de filmes antigos, que estavam sempre descendo divônicamente uma escadaria.

vestido-de-poa-plus-sizevestido-de-poa-plus-size vestido-de-poa-plus-size

Gente, até agora eu não entendi essa foto, pra quem estou batendo continência, estou avistando alguma coisa? Alguém me explica?!

vestido-de-poa-plus-size

Minha fase Marylin de cabelos platinados, que já passou, mas que marcou muitos looks.

_MG_1483-1

Misturei acessórios clássicos como a pulseira de pérolas negras, com o brinco de peixinho e os óculos de madeira que deram uma descontração ao look.

Eu usei:

  • Vestido de poá, Chic e Elegante;
  • Poncho vinho, Maria Filó para C&A;
  • Mocassim vinho, Bebecê;
  • Óculos de madeira, Ybirá;
  • pulseira e brinco, acervo pessoal.

Curtiram esse meu lado mais adulta e diva? Quem quiser conferir esse vestido e outros de babar, dá uma passadinha no site da Chic e Elegante, eles entregam rapidinho no Brasil todo. 😉

Créditos:

 

19/08/15
Eu não me vejo, e você?

Passei uma semana sem postar aqui, em pleno BEDA, e eu peço desculpa a vocês e a mim mesma, pois esses dias me deixei abater um pouco, me senti sem forças, acho que todos nós passamos por isso em algum momento da vida, é normal, a gente só não pode deixar isso fazer parte, ser uma constante e não apenas uma exceção. 😉

Não teve post aqui, mas uma coisa que eu não pude deixar de fazer por compromisso com vocês, foi deixar de postar as mensagens/frases, que posto todos os dias no Instagram e Facebook. Por mais que eu estivesse desmotivada, sei que as mensagens fazem muita diferença positiva no dia de vocês girls. Sei disso pelas mensagens que recebo no inbox da página, nos comentários, e até nos likes e compartilhamentos. Por isso, os “quotes” do Garotas não falharam.

Mas o motivo do meu desânimo momentâneo é também o motivo desse post. Semana passada recebi duas revistas em casa, uma local da minha cidade, e uma de uma marca de calçados de plástico que está lançando coleção nova.

Eu-não-me-vejo-e-você

Eu não me vejo, e você?

Folheei as revistas da primeira a última página, na primeira revista, não encontrei ninguém com manequim acima do 40, e não estou falando dos editoriais de moda, me refiro a matéria de street style, que supostamente foi feita nas ruas da cidade mostrando a diversidade de estilos. Mas de diversidade não tinha nada ali, eram pessoas brancas, magras, descoladinhas (odeio essa palavra), e só! Parecia que quem fez a matéria reuniu seu clubinho, pediu pra vestirem suas roupinhas mais hipsters e fotografou como moda de rua, e isso é qualquer coisa, menos moda de rua. Nas ruas você vê diferentes idades, corpos e etnias, vê classes sociais, vê estilos, ou seja, a rua ainda é democrática, mas a matéria foi higienista e isso é triste.

Eu-não-me-vejo-e-você

Na segunda revista, a dos calçados de plástico, o foco são mulheres jovens, entre adolescentes a moças de uns 25 anos, imagino. E assustadoramente, para essa marca só existem moças dessa faixa etária brancas, magras e de preferência loiras naturais ou tingidas. E isso também é muito triste, pois é um produto popular, todo tipo de mulher dessa idade costuma consumir, e essas meninas, essas moças, não se veem ali, não acham que são bonitas ou dignas de estarem ali representadas. Fico triste de a essa altura de 2015, ainda termos que apontar esse tipo de preconceito na mídia e na publicidade.

Eu-não-me-vejo-e-você

Isso se juntou a algumas outras decepções e me deixou pra baixo, desestimulada de blogar, de passar uma mensagem que aparentemente poucas pessoas querem ouvir. E que algumas das que ouvem, batem palminhas, acham bonitinho a gente falar de inclusão, mas na prática, nas suas vidas, no seu trabalho, nas suas marcas e mídias continuam perpetuando os mesmos padrões, preconceitos e estereótipos.

E esse tipo de coisa me atinge duplamente, pois me exclui como pessoa e mulher, e ainda por cima fecha portas para mim como blogueira e formadora de opinião.

Ah, mas Helena, tem muita marca plus size, tem revista especializada nisso, outro dia a Ju foi capa de revista. Sim gente, é verdade que algumas coisas estão acontecendo, algumas de nós estão sendo ouvidas e nos representando muito bem, mas são casos isolados. Esse tipo de mídia e publicidade que nos exclui é majoritária, e eu ainda vejo essas ações pontuais e isoladas como medida paliativa para manter vendas, não um real compromisso com a inclusão e quebra de padrões.

Muita gente pode vir falar para eu procurar e prestigiar quem nos inclui e deixar para lá quem não quer saber da gente. E sim, eu já prestigio, divulgo e consumo quem faz moda para mim, quem me enxerga como consumidora e como mulher inteligente e com estilo. Mas nem eu nem vocês podemos fechar os olhos para essa maioria esmagadora de falta de representatividade da mulher comum, da mulher gorda, da negra, da mais velha, da deficiente.

Enquanto eu puder eu vou meter o pé nessa porta, não querem nos deixar entrar, não querem nos ver, não querem nos contratar, nem nos ouvir. Mas vão sim ter que engolir, pois eu, nós, vamos descer goela abaixo, vamos pular o muro e vamos entrar. Me recuso a viver apenas no gueto, na zona de conforto que são as revistas, marcas e grupos plus size e feministas, elas são importantes sim, mas nossa voz tem que ir além, tem que chegar na menina que consome o sapato de plástico, na mulher que anda nas ruas.

É… parece que o desânimo passou, tô de volta e tombando tá mores?

via GIPHY
beda

 

12/08/15
DIY grampos coloridos

diy-grampos-coloridos

Sabe quando você vê um faça você mesmo pela internet, acha bonitinho, mas tem medo da expectativa x realidade? Foi o que eu pensei  do DIY grampos coloridos que vou mostrar hoje.

Mas resolvi fazer por ser muito fácil, barato e por ter os produtos a mão, sem precisar comprar nada, pois quem não tem um vidrinho de esmalte e alguns grampos?

diy-grampos-coloridos

  • Em cima de um papel que possa sujar você coloca os grampos com espaço entre eles para não correr o risco de grudarem;
  • Aplique uma demão de esmalte sempre atenta para não criar pocinhas de esmalte entre os vãos do grampo;

diy-grampos-coloridos

  • Deixe a demão secar bem para aplicar a segunda e o mesmo para a terceira (só precisei de 3);
  • Repita as 3 demãos no outro lado do grampo, que ficou para baixo;
  • Sempre entre uma demão e outra vá descolando os grampos da superfície ou papel;
  • Dê uma conferida para retocar alguma falha;
  • Depois dele todo seco é só passar uma faca ou tesoura bem fina entre as perninhas do grampo para desgrudar.

diy-grampos-coloridos

O resultado fica muito delicado, dá pra fazer de várias cores, mas acho que funciona melhor com esmaltes bem cremosos e em cores vivas, para cobrir bem o grampo. 😉

beda

 

11/08/15
Look buldogue e saia rodada

look-buldogue-e-saia-rodada

Como será que uma wannabe gótica se veste para um passeio sábado a tarde? Se alguém no planeta queria saber uma coisa dessas, tá aí a resposta. Meu look buldogue e saia rodada, que usei para ir ao Mercado Aberto.

Estava um dia de inverno quente, cheguei a sentir calor por uma meia hora, mas não costumo tirar o casaco quando é um calor suportável, pois tenho essa teoria de que quanto mais roupa você tira no calor médio, mais calor sente, e quanto mais roupa você coloca no frio médio, mais frio sente. É, sou um pouco louca, só um pouco…

look-buldogue-e-saia-rodada

Sabe uma peça de roupa que podem me dar sempre? Saia rodada, ou vestido com saia rodada, podem mandar de todas as cores e estampas, por favor! Eu amo o efeito, deixa o look tão fofo, tão lindinho, acho muito a minha cara. ♥

look-buldogue-e-saia-rodada

A mochila não me larga, mas meu, sempre carrego muita coisa, e mochila é uma bolsa muito prática, e como eu sempre uso tênis e looks mais descontraídos, dá muito certo.

look-buldogue-e-saia-rodada

Claro que meus óculos preferidos do momento, tão no look. ♥♥♥

look-buldogue-e-saia-rodada

Tinha que sair uma foto com cara de má, muahahah!

O que eu usei:

  • Cardigã listrado, Havan;
  • Camiseta buldogue, Marisa;
  • Saia rodada, Lollaboo;
  • Tênis de moletom, Kanui;
  • Óculos de madeira, Ybirá.

Curti muito o resultado das fotos, agradecimento especial a Débora, que tirou pra mim na maior paciência. 😉

beda

10/08/15
[Vlog] Mercado Aberto #3

mercado-aberto

Com certeza vocês já perceberam que alguns posts aqui do Garotas são em formato serial, ou seja, vão sempre acontecer. Tem a série de Lançamentos de Beleza, que é feita em lojas de cosméticos, tem os looks, tem os links, os posters…

E o vlog do Mercado Aberto também entrou para a categoria séries, foi meio sem querer, mas o evento é tão legal, tem sempre tanta coisa linda para mostrar, que eu não resisto e sempre faço um vlog quando acontece.

Dessa vez o vídeo tá mostrando marcas novas, mas também outras que já vimos antes aqui no bloguinho. Tá tão legal que eu já assisti 3x antes de postar! Aperta o PLAY! ♥

Demais não é? Vou deixar aqui link para vocês conferirem todos os expositores, pois a maioria entrega no Brasil inteiro, alguns tem site e vocês podem acompanhar o trabalho de cada um em suas respectivas páginas.

mercado-aberto

Ca e

Teve chup chup de Mojito! ahahaha

mercado-aberto-pitada-brasileira

As comidas tavam uma tentação, destaque para o Hambúrguer de Picanha maravilhoso que eu devorei da Pitada Brasileira, eles fazem refeições e tem entrega grátis em Juiz de Fora, olhar o cardápio deles no facebook faz a gente babar na tela. 😛

mercado-aberto

Cabelo novo + grampinhos (vai ter DIY).

mercado-aberto

Daniella da Adornare sendo fofa com as bijus lindas da marca.

mercado-aberto

Os quadrinhos da Pinóquio, que eu nunca canso de ver! Comprei um pro pai e minha mãe comprou um pra ela também!

mercado-aberto

Os óculos de madeira da Ybirá que sempre são um sucesso e a vontade é ter um de cada modelo, cada cor e cada lente! ♥

Mais uma vez a feira/balada/praça de alimentação estava muito legal, e os expositores que fizeram bom preço e atenderam bem os visitantes, com certeza venderam bastante, e a gente ficou feliz em prestigiá-los. 😉

Sabe uma maneira deliciosa de passar o sábado a tarde em Juiz de Fora? Mercado Aberto!

beda