feminismo

Tag

Coleção Mujeres Chica Bolacha

Chica Bolacha

Amanhã entra no site da Chica Bolacha, a coleção Mujeres. E eu tinha que vir aqui mais uma vez mostrar alguns looks da coleção em primeira mão. E tem varias motivos pra gente amar essa coleção, além da beleza das peças. Fiquem sabendo que todas as modelos da coleção são clientes da Chica, que se inscreveram num concurso feito pela marca. E o melhor de tudo, é que a diversidade e a inclusão na escolha das clientes/modelos foi linda, de dar gosto de ver, de emocionar mesmo! Acho que eu nem preciso falar mais do que isso sobre o casting de modelos maravilhosas. Então vou apenas mostrar algumas IBAGENS, e...

Use o que quiser, não use o que não quiser

Não usar o que a gente não que usar. Parece bem óbvio, mas vou explicar nesse post e também no vídeo, por que não é tão simples assim. Tudo que é muito repetido, acaba virando verdade, pelo menos uma verdade superficial, que todo mundo concorda, porque é o mainstream. Use o que quiser! Quer usar cropped, se joga, quer usar mini saia, go girl! Tá, mas e quando a gente não quer usar tudo que tá por aí? Tá todo mundo usando, tem que mostrar o corpo, tem que marcar barriga! Não tem não! Pode? Claro que pode. Deve? Se você gosta e quer, sim! Mas o fato é que...

Ultrimagem: Inclusão no atendimento de saúde

Fiquei pensando em como abordar aqui no blog assuntos como clínica, exames e saúde, já que vim fazer um post de apresentação da Ultrimagem, clínica especializada em exames de imagens aqui da Zona da Mata de Minas. Com certeza alertar para a prevenção (principalmente porque acabamos de encerrar o Outubro Rosa e já estamos no Novembro Azul), é importante e a Ultrimagem tem a melhor logística para atender todos os exames necessários nessa prevenção. Mas o que mais me chamou atenção por lá, foi mesmo a inclusão. Com arquitetura preparada para receber a todos, desde deficientes à idosos. A Ultrimagem também recebe sem transtornos e atende a exames para pessoas...

Street Style Plus Size

Eu ia dar o nome pra esse look de Girl Power, mas achei que era bem óbvio e resolvi que o look é bem street, ou seja, um look street style plus size com certeza. Ficou uma confusão de cor de cabelo aqui nos looks, porque a Raíssa entregou as fotos bem depois, quando eu já havia mudado a cor do cabelo pro lavanda, daí tem foto com cabelo novo que o Mateus fez, e tem foto da Raíssa com cabelo antigo. Mas o look tá lindo mesmo assim. E esse look tá tão rolezinho noturno, tem brilho, tem vestido, tem Girl power e é confortável. E a locação fechou...

Se nada der certo…

Eu já estava para gravar um vídeo e escrever aqui sobre o meu novo trabalho na marca Sou Dessas. Mas com a tal festa à fantasia de um colégio particular em que os alunos se fantasiaram de profissões que consideram como “dar errado” na vida, tive que adiantar esse post pra poder falar o que eu penso disso tudo. Aperta o PLAY e assiste em HD! ? No vídeo eu falo detalhes do meu trabalho como consultora/influenciadora (esse é o cargo na carteira de trabalho), da Sou Dessas. Esse é um trabalho que estou curtindo fazer, pois ele valoriza meu blog,, parte dele é produzir conteúdo para o Garotas, e...

Ninguém quer te ouvir, e é pela sua aparência

Se você for a palestras de coaching, esse estilo motivacional, sobre ser bem sucedido, popular, etc. Se ler livros estilo auto ajuda que tem o segredo do sucesso e outros trambiques, vai ouvir e ler sempre que a aparência, a imagem que você passa é imprescindível. A tal “boa aparência” é pré requisito. E isso normalmente significa seguir padrões, seja no estilo de roupas, corte de cabelo, maquiagem ou na forma física e na cor da pele, quando já caímos nos preconceitos. Esse tal padrão tá em tudo mesmo, para as pessoas te ouvirem você tem que passar uma imagem bem sucedida, e ser gorda, ter cabelo colorido e tatuagens...