Tendências que não emplacaram no meu guarda-roupas

A coisa mais comum quando a gente percebe e define nosso próprio estilo, é saber muito bem do que gosta e principalmente do que não combina com você. E isso não quer dizer necessariamente que você não curtiu a peça de roupa ou acessório, significa apenas que você já é consciente o suficiente para saber o que vai usar e o que é só impulso de se enquadrar nas tendências.

Pensando nisso, resolvi compartilhar algumas peças e acessórios que estão ou estiveram em alta nos últimos tempos, que até achei bonitas ao ver outras pessoas usando, mas que não fizeram a minha cabeça nem meus looks. 

Tendências que não emplacaram no meu guarda-roupas:

Calça pantacourt, que é a versão curta da pantalona. Nunca usei a última, e a pantacourt tampouco caiu nas minhas graças. Vi meninas maravilhosas em looks com ela, principalmente as estampadas, mas em mim eu não curti e sei que se eu comprasse seria apenas pra dar um close nos looks do Garotas e dificilmente colocaria pra jogo no dia a dia.

Óculos rockabilly

Óculos rockabilly, que são esses “ocrinhos” de armação pequena, a maioria das vezes em formato cateyes. São uma gracinha, tem cada modelo mais fofo que o outro. Porém, eu gosto e dos “oclão” mesmo, aqueles que quase cobrem a cara toda e te deixam com jeito de marrenta, além de tapar olhereiras, ou seja, 10/10.

Meia arrastão, acho lindo, adoro a estética, mas é só isso a que ela se propõe. São raras as peças de roupa que eu me engajo em usar que não tenham uma utilidade real além de estética. Principalmente se essa peça pode trazer algum desconforto, como é o caso de meias calças em geral, com o agravante pra arrastão de que ela nem protege do frio. Esse tipo de meia enrola na barriga quando a gente senta, costuma não subir toda e dá um vão no meio das pernas super desconfortável. Então, por mais bonito que fique, tá fora do meu guarda-roupas.

Dizem que a calça cintura baixa está voltando as tendências, e eu só posso expressar meu horror com a possibilidade. Essa eu posso dizer tranquilamente que eu acho horrível não só pra mim, mas para toda a humanidade. Desconfortável e sem versatilidade nenhuma, e além disso, limita os movimentos de quem não curta exibir o cofrinho por aí. Por favor, parem a insanidade de querer voltar com isso.

Brincos de argolão, acho lindíssimo e divo, principalmente quando é a Rihanna quem está ostentando um par deles. Mas pra mim não rola, sempre tive aflição de que alguém iria puxar e arrancar minha orelha. Fora que quando minha avó furou a orelhinha da Helena nenê, ela o fez de forma a deixar as argolas todas tortas e escrachadas. Portanto, não rola nem se eu quisesse me arriscar a perder as orelhas.

Tendências que não emplacaram no meu guarda-roupas

Tênis do pai, aquele que tá o hit do outfit e parece uma pata de camelo. Acho horroroso, sempre achei, e portanto, não é porque está em alta que vou gastar meu sofrido e suado dinheirinho num tênis que acho ridículo e que num piscar de olhos vai estar mais flopado do que Mc Biel.

Que eu me lembre até o momento, essas são as tendências que não emplacaram no meu guarda-roupas.

Agora quero saber: e no armário de vocês, qual tendência não entra?

Diga o que achou do post

Helena Sá

More about Helena Sá

A Garota Rosa Choque, treinadora de unicórnios, adora colorir a pele e os cabelos. Humana do Jimmy, canceriana em sol e ascendente. Don’t cal me flor, amor, querida...

Leave a Reply