Lollapalooza 2015 – Shows imperdíveis

lollapalooza-2015

O Lollapalooza Brasil 2015  está aí e para quem não vai poder comparecer a um dos maiores festivais de música “alternativa” do país ( seja lá o que  isso quer dizer), seja por falta de dinheiro, medo de multidão ou preguiça mesmo, existem aí canais super bacanas que vão transferir o festival ao vivo. Eu já não vou porque o preço é um pouquinho salgado, mas o real motivo é que só vou em shows, ainda mais de um porte desses, se realmente morrer pela banda/cantor.

Frescuras à parte, vai rolar muita coisa super legal que eu faço  questão de ver ao vivo, do conforto do meu sofazinho, claro. Então bora para a lista  dos shows que mais quero ver no Lolla 2015:


Marina and the Diamonds

Cantora  britânica que é uma delícia de mulher, e não é por causa dos peitos, não. A gostosura de Marina é devido à sua confiança e o ar de mulher forte. A força também está presente na sua voz, super marcante, aguda e vez ou outra roca. Puro pop. Costumo dizer que ela é como uma Katy Perry que não saiu do caminho de One of The Boys e continuou fazendo música legal. Shampain é minha preferida dela, uma pena que as outras não seguem muito essa linha 80’s. Mas estou doida para vê-la cantar ao vivo e ver se realmente tem energia.(Peninha que ela acaba de cancelar o show porque o vôo foi cancelado)


Boogarins

O Rock psicodélico voltou com tudo, bebê. Não está sabendo? Então corre para escutar Boogarins e se sinta de volta nos anos 70. A banda brasileira é a prova de que, infelizmente, coisa boa tem que fazer sucesso lá fora antes para poder ser reconhecido aqui. E sabe qual é o mais legal? Eles cantam em português. Será que o som delas fica bom ao vivo? Veremos…


Jack White

Não sou fã de nenhum projeto do Jack White (The White Stripes, The Dead Weather, solo…) apesar dessa música ser muito boa. Mas não dá para negar que o cara além de gato, é talentoso demais. Presença de palco é algo que ele tem para dar e vender. Esse não vou perder.


St. Vincent

Conheci esse dias e não caí de amores, mas a ideia é muito boa. Um pop eletrônico, dançante… Odeio fazer isso, mas posso classificá-la como alternativa/indie? Não me parece algo que fique legal em shows muito grandes e abertos, mas com certeza verei. Até mesmo porque a moça toca vários instrumentos, e acho demais ver o artista indo de um instrumento para outro.


Foster The People

Gosto desses menininhos. Não têm pretensão, não são rock n’ roll, mas não chegam a ser aqueles indies irritantes. O som deles é bacana. Trilha sonora de festa. Por mais clichê que seja, minha música preferida é essa mesmo.

Essas são as bandas e músicos que mais quero ver. Mas, se tiver um tempo também The Smashing Pumpkins e Robert Plant são uma excelente pedida.

E vocês? O que mais querem ver no festival? Algo legal que não falei?

Diga o que achou do post

Carina Silva

More about Carina Silva

Leave a Reply