juiz de fora


12/05/15
[Mercado Aberto] Comprando de quem faz

mercado-aberto-juiz-de-fora

Já contei e mostrei o Mercado Aberto para vocês, é um evento muito legal que produtores e marcas em sua maioria artesanais, promovem aqui em Juiz de Fora. Ou seja, além de  ter acesso a produtos de alta qualidade e artesanais, quem visita a feira e os sites dessas marcas, está comprando de quem faz, e isso é muito amor. ♥

E essa 3ª edição do Mercado é ainda mais especial para mim, pois o primeiro vlog que eu fiz rendeu frutos. Várias marcas maravilhosas curtiram e apoiaram minha iniciativa de divulgar esse evento tão legal, então hoje além de mostrar coisas novas que vi por lá, ainda vou mostrar um pouquinho de cada uma das marcas que agora são parceiras do Garotas, e melhor, tem coisas incríveis que tem a minha cara e a de vocês leitoras e leitores deusos. ahaha

O vídeo tá curtinho e com tanta coisa linda que fiquei assistindo um monte de vezes antes de postar! 😀 Aperta o PLAY e assiste na opção HD:

 Evento com uma vibe muito boa, não é?

gramophonics-camisetas

Começando pela Gramphonics, marca de camisetas encantadora, com estampas que remetem a música boa, mas não fica no lugar comum. As estampas deles vocês não encontram em nenhum outro lugar. Essa aí de cima é meu xodó, pois tem exatamente o trecho da música da Rita Lee que está aí na lateral do blog, essa música me define. Mas essa não é a única que ganhou meu coração. Entrem no site para se deliciarem com estampas que vão de Maísa a Raul, de Ozzy Osbourne a Amy Winehouse.

ybirá

Para tudo pra babar nesse óculos da Ybirá, que produz artesanalmente óculos perfeitos de madeira. Tem diferentes tipos de madeira e lentes, além do design incrível de cada modelo. No vídeo eu mostro vários, é demais tá! Tô aqui ainda sofrendo para decidir qual é o mais lindo. ♥

a-peregrina

Essa sou eu babando nessa bata linda de elefante da Peregrina, marca de moda atemporal, que traz de todas partes do mundo, itens especiais. Tem índia, América Latina e muito mais! Dei um gostinho no vídeo, mas em breve volto a falar mais um pouco sobre a marca que também envia pra todo Brasil.

pinoquio-coisas-de-madeira

Já dei umas pistas no Instagram e Facebook de que vem uma parceria linda entre o Garotas e a Pinóquio Coisas de Madeira. Os quadrinhos lindos da marca apareceram no primeiro vlog, mas eu não me canso de mostrar, pois dá vontade de estampar minha casa toda com eles! ♥ Ah, e eles tem mesinhas, cabideiros, banquinhos e outros itens lindos no site, com um preço muito bacana.

comprando-de-quem-faz

Eu muito phyna dando entrevista pro pessoal da FACOM da UFJF sobre moda plus size.

comprando-de-quem-faz

Look do dia com muita zuera! 😀

sangria

Tinha sangria deliciosa e geladinha por lá, e eu não resisti.

Gente, o mercado aberto acontece de 2 em 2 meses na pracinha de São Mateus em Juiz de Fora, mas para quem é de outros lugares, todas as marcas vendem online para todo o Brasil.

Eu amo esse tipo de produto, de lugar e de pessoas, criativas e empreendedoras, e ainda mais comprar deles! E vocês, também amam comprar de quem faz?

Postado por Helena Sá

Veja também

27/10/16
O Encontro e como quebrei a cara

encontro quebrei a cara

Encontro de blogueiros? Que coisa mais década passada! Sim! Nóis é old school aqui, do tempo dos primeiros blogs, acompanhava todos, depois criei o meu pra contar a vida no mestrado fora do Brasil. Em seguida veio esse lindo aqui, em que vocês estão agora, e dele eu não larguei mais. 💜

Mas o mundo muda, na internet parece mudar mais rápido, e hoje em dia o close é o Youtube, todo mundo tem canal, no Garotas tem também, inclusive estamos trabalhando em dar um gás por lá em breve, aguardem!

Porém aqui na minha cidade, as coisas parecem que andam diferente, o povo demora a aceitar o que há de novo, tem gente que não faz ideia ainda do que um blogueiro faz, youtuber então devem pensar que é algo contagioso. 😅

Nessa luta que é fazer um blog que cresce e tem aparecido no Brasil, eu também penso que queria muito ter reconhecimento do meu trabalho na minha cidade, Juiz de Fora, nasci aqui e quero que as pessoas daqui vejam que eu faço um trabalho que vai além de só me remunerar. Tenho orgulho de dizer que ajudo pessoas a se amarem, a se vestirem melhor, a se acharem dignas de tudo de melhor nessa vida. Mulheres, garotas e até os manos, são bem vindos aqui. A gente quer mudar o mundo um pouquinho todos os dias, de post em post, de mensagem no instagram a compartilhamento no facebook.

Acho que por isso que a ideia do encontro veio pra mim e pra Ca, a gente quer crescer e aparecer, e queremos também isso aqui pertinho, em casa. E a gente sabe que faz um bom trabalho, sério, preocupado com quem lê, vê, ouve, sente…

E parece que esse ano a cidade também sentiu isso, demoraram, mas sacaram a gente, a nossa tal influência. As marcas, lojas, lugares, agências e pessoas mais legais, mais espertas, quiseram entrar no nosso barco, e apoiaram o Encontro de Blogueiros de Juiz de Fora e Região. E a mídia, tanto a tradicional, quanto a online, em massa, noticiou, comentou e contou a nossa história.

Duas mulheres sozinhas, duas blogueiras, que já viram muito nariz torcido, muito deboche (blogueira é profissão?), uma é dondoca que não usa salto, a outra é uma gorda super estranha com umas ideias doidas de que ser gordo não é feio, que mulher não precisa viver em dieta, que a gente usa o que quiser, e que a gente se ama por quem nós somos. Numa época de fitness, salto super alto, cílios postiços no café da manhã, contorno pra ir na padaria. To aí numa contra mão, cometendo meus sincericídios, cagando pra aparências e mostrando pra minha cidade, que tem outra forma de viver, não precisa cuidar da vida do vizinho, não precisa manter aparências, aparentar ter mais do que tem, estar mais feliz, mais viajado…

É possível ter um blog sem ostentação, um blog vida real e não lifestyle e mais, tem muita gente aqui que quer ver isso.

Afinal, descubro que JF não é tão atrasada assim, quebrei a cara, mordi a língua e gostei. Pois tive que meter o pé, mas finalmente estão abrindo as portas pra mim.

Postado por Helena Sá

Veja também

26/11/15
Tré Artes e Decoração: comprando de quem faz

tre

Almofadas lindas da Tré no meu quartinho lindo! ♥

Essa mania que eu estou aqui no blog, de trazer e divulgar produtos artesanais, locais e diferentes só tem me trazido uma riqueza de contato com pessoas e marcas maravilhosas!

Segunda fui conhecer o estúdio/ateliê/escritório da Tré Artes e Decoração que eu nem sei como definir, acho que podemos chamar de uma explosão de criatividade. A Tré é design, arte, artesanato, fotografia e decoração tudo junto e com sustentabilidade. Em quem pensa que pela diversidade pode se perder o cuidado, está muito enganado.

Criada pela Talita (amiga de infância) e pelo Léo (um querido), a marca prima pela criatividade sem limites, é lindo como eles misturam cultura pop, identidade cultural brasileira, cores, formas, religião e arte regionais, mas que o mundo inteiro pode se encantar e entender.

Sao Jorge

Salve Jorge! Minha mãe é devota e com certeza vai ganhar um de Natal.

decore-tre

A linha de produtos da marca é extensa, vai desde botons, canecas fofas, quadros…

tre

… a almofadas lindas, me encantei por elas!

tre-decor

Também tem móveis super diferentes, coloridos, do jeito que eu amo!

tré-decoração

Outro item que eu amei foram os oratórios, que homenageiam as religiões cristãs brasileiras, o que é lindo, pois precisamos valorizar essa base cultural brasileira. Fora que é uma beleza só!

tre-design

Outra coisa especial da Tré são os preços, muito bons, principalmente por serem produtos de tanto valor cultural, que trazem a arte dos donos da marca, são feitos um a um artesanalmente e a maioria das peças tem poucas unidades iguais. Ou seja, cuidado, beleza, criatividade e exclusividade, tudo em um produto só. 😉

tre-artes

Preciso dizer mais alguma coisa? Preciso sim, que é propor um desafio e um reflexão para vocês: vamos nesse Natal presentear com produtos sustentáveis, feitos de forma artesanal e sem explorar o trabalho de ninguém? Vamos dar valor ao produto local e nacional? Sim ou com toda certeza?! 😀

Curtiram a Tré? Quero saber o que vocês acharam das minhas almofadas lindas! Ficam bem no meu quarto?

Quem quiser conhecer melhor o trabalho desses lindos, é pelo Facebook e pelo Instagram.

 

Postado por Helena Sá

Veja também

16/11/15
Por que você deve frequentar Mercados de rua?

Vocês sabem que eu adoro uma feira, um street market, produtos diferentes, personalizados, essa coisa toda do comércio fora do eixo (como diz minha amiga Lita). E vocês sabem disso pois sempre que rola algum tipo de evento desse aqui na minha cidade, eu faço questão de ir e ainda mais, de compartilhar aqui com vocês.

Pode parecer repetitivo sempre mostrar várias edições dessas feiras, principalmente do Mercado Aberto, pode parecer mais do mesmo, mas não é, a cada edição tem coisa nova, público novo e coisa diferente e interessante pra mostrar, dessa vez a gente conversou com os expositores e foi lindo, engraçado, demais!

mercado aberto

Ir com os amigos é mais legal!

Mas além disso, Por que você deve frequentar Mercados de Rua? Porque o mundo está entrando em colapso com a ganância das grandes indústrias, cada vez mais é preciso respeitar e se integrar com o ecossistema, que também significa ser participativo na sua comunidade, priorizar produtos feitos de uma forma que não agrida tanto a natureza, que traga benefícios para a sua região, lucro para o empreendedor local e não para um grande conglomerado que explora trabalhadores, que só tem como meta o lucro e que nos apresenta produtos não saudáveis e não viáveis para a natureza.

por que frequentar mercados de rua?

Outra coisa importante e que me dá muito orgulho, é que o Garotas foi o primeiro blog a divulgar e incentivar o Mercado Aberto e outras feiras aqui em Juiz de Fora. Sabe acreditar na ideia antes dela se tornar mainstream? Sabe apoiar uma iniciativa ou causa antes de ser modinha fazer? É uma das coisas mais gratificantes para mim ter o blog percebido por isso, e principalmente, fazer isso porque eu realmente gosto de participar das feiras, gosto de estar lá e vocês já sabem, aqui só aparece o que eu acredito, o que é importante pra mim. Vocês não vão me ver falando de nada por oportunismo, por obrigação ou porque está todo mundo falando. 😉

Além disso, meu, vocês sentiram o clima no vídeo? Viram como é leve, com gente feliz, aproveitando o fim de semana, passeando com as crianças, os cachorrinhos! <3 Melhor rolê não tem amigas! :v

Postado por Helena Sá

Veja também

15/10/15
Encontro de Blogueiros de Juiz de Fora

encontro-de-blogueiros-de-juiz-de-fora

Senta que lá vem história! Uma história linda que tenho a honra de fazer parte, que é o Encontro de Blogueiros de Juiz de Fora. Eu estive no primeiro há 5 anos, ajudei a organizar o segundo ano passado, e esse ano foi mais especial ainda, organizei junto com a Ca o que eu acredito que foi a melhor versão desse evento!

Deu uma trabalheira danada, tem mais de 1 mês que nós duas só respiramos esse encontro, que é uma realização para a gente, com certeza ano que vem tem mais!

Reunimos terça que passou, mais de 45 pessoas no Barril, uma cervejaria linda aqui de Juiz de Fora, o segundo andar do bar fechou só para os blogueiros. E o melhor, ANGARIAMOS MAIS DE 40 LITROS de óleo de soja e leite longa vida para o Condomínio de Idosos Santa Luiza de Marillac. ♥

E tem vídeo com um pouquinho do que rolou no nosso encontro lindo. Aperta o PLAY!

O vídeo foi a reunião de vários snaps que eu e os convidados gravamos lá! 😉

encontro-de-blogueiros-de-juiz-de-fora

O nosso encontro foi além da diversão, reencontrar amigos e fazer novos. A treta ficou séria, no boca a boca ganhamos visibilidade. O que apareceu de blogueiro querendo participar, marcas apoiando e veículos de comunicação querendo falar sobre o evento, nossa, eu não esperava tudo isso!

encontro-de-blogueiros-de-juiz-de-fora

Mãe, eu tô na globo! A matéria tá AQUI, ficou muito legal. A gente tietando a Laila Hallack, repórter da TV Integração.

encontro-de-blogueiros-de-juiz-de-fora

encontro-de-blogueiros-de-juiz-de-fora

Teve chop Mr.Tugas para todo mundo, oferecimento da República Comunicação.

encontro-de-blogueiros-de-juiz-de-fora

Vocês não tem ideia da quantidade de marca que enviou mimos lindos pra gente sortear entre os convidados.

encontro-de-blogueiros-de-juiz-de-fora

encontro-de-blogueiros-de-juiz-de-fora

A nossa mesa de doces que deixou todo mundo babando, foi da Casa de Julieta.

encontro-de-blogueiros-de-juiz-de-fora

OLHA A ARTE DO EVENTO NO COOKIE! OMG!!!

encontro-de-blogueiros-de-juiz-de-fora

Detalhes da decoração fornecida pela Fina Bossa.

encontro-de-blogueiros-de-juiz-de-fora

encontro-de-blogueiros-de-juiz-de-fora

encontro-de-blogueiros-de-juiz-de-fora

encontro-de-blogueiros-de-juiz-de-fora

encontro-de-blogueiros-de-juiz-de-fora

O Zé além de ser o responsável pela nossa arte, sorteou um layout lá, para a sortuda da Aliandra!

encontro-de-blogueiros-de-juiz-de-fora

encontro-de-blogueiros-de-juiz-de-fora

encontro-de-blogueiros-de-juiz-de-fora

Jaqueline que além de blogueira foi nossa hostess! Muito chique, só tenho a agradecer!

encontro-de-blogueiros-de-juiz-de-fora

Teve sorteio de quadrinho da minha coleção! ♥ A Ana Paula sortuda ganhou.

encontro-de-blogueiros-de-juiz-de-fora

Cada convidado levou pra casa uma caixinha linda dessas, que o Ateliê Maria Pipoca fez pra gente personalizada com a arte do evento e com bombons maravilhosos!

encontro-de-blogueiros-de-juiz-de-fora

encontro-de-blogueiros-de-juiz-de-fora

encontro-de-blogueiros-de-juiz-de-fora

encontro-de-blogueiros-de-juiz-de-fora

encontro-de-blogueiros-de-juiz-de-fora

Jonathan, colaborador do Beleza Sem Tamanho, que me ajudou demais, foi um anjo!

encontro-de-blogueiros-de-juiz-de-fora

O pessoal do site O Happy Hour também fez cobertura top do encontro!

encontro-de-blogueiros-de-juiz-de-fora

Só gente linda!

encontro-de-blogueiros-de-juiz-de-fora

Galera toda reunida na foto para posteridade! ahaha

Essas fotos lindas são da Débora Agostini, nossa fotógrafa oficial do evento!

Blogueiros que compareceram:

www.tatahfavero.com
www.cavillas.com
www.deualoucanaamelia.blogspot.com.br
http://garotasrosachoque.com.br/
www.mazettid.blogspot.com.br
www.vaiali.com/blog
http://belezasemtamanho.com/
www.seraqueessepode.com.br
www.blogholychic.com
http://melhorangulo.com/
www.cafedigitaljf.com.br
www.carolinerneves.com
www.carolinefrizeiro.com
https://maryalcantaras.wordpress.com
eai.arq.br/blog
http://liandrinha.blogspot.com/
youtube.com/tdetagarela
www.talitabotelho.com
http://ninaltomar.com
www.pardeideias.blog.br
http://www.juabacaxi.com/
www.vacasepoderosas.com.br
http://www.casalfit.com
https://magicaltypewriter.wordpress.com/
http://danielacolaci.com/
http://www.leticianery.com.br/
https://www.youtube.com/channel/UCvu2MvWjNozGxCdRlY1034Q

www.veganaentreoutrascoisas.com

https://www.facebook.com/Denydecook-1397868123871593/
http://nataliaapr.wix.com/ametamorfose

@camille_zaka

Marcas que nos apoiaram:

Ateliê Maria Pipoca, Hope , Kopenhagen , Casa de Julieta, Débora Agostini Fotografia, Barril, PUC , Santa Lolla , Anacapri , Carmen Steffens , Quem disse,Berenice? , Contem 1g , Priscilla Stiebler , MIO , Closet Dona Onça , In love lingerie , Track & Field , Uncle K , Mr Pina , Boho Ateliê , Cravo Dourado , Academia Bioforma , Vai Ali , Universo dos livros , Rosana Almeida Acessórios , Miss Bolete , Fina Bossa , Pinóquio – coisas de madeira , RES , Gilberto Design , Ótica Visual , Hill Store , Fabiane Cabelo e maquiagem , Zé Zorzan Design , Café Digital , Start  , Larrice Lingerie , República + Mr Tugas , Tânia Aleixo e Babylon Brasil.

Eita! Acho que lembrei de todo mundo, se ficou faltando alguém, comentem aqui que eu incluo, viu?

Olha, eu tô é morta com essa função toda, mas muito feliz, realizada e de alma lavada, por ter conseguido reunir tanta gente legal, num clima lindo, leve e caprichado!

Só tenho a agradecer a todo mundo que apoiou e ajudou de alguma forma para o nosso encontro acontecer!

Postado por Helena Sá

Veja também

22/09/15
Look Ovni Plus Size

Sei que o inverno na prática acabou, tá um calor sofrido, que eu detesto. Mas tem look muito a cara do que foi esse inverno pra mim, que eu queria que durasse pra sempre.♥

Tô falando do meu Look Ovni Plus Size, eu fiquei tão apaixonada por ele, que usei no lançamento dos quadrinhos uma versão mais leve.

_MG_4014-1

Se eu to apaixonada por essa camiseta da Holyshit? SIIIMMM, quero esse print para todas as minhas roupas, cortinas, lençóis… ahahahaha

Mas falando sério, além de adorar a temática Alien, ainda por cima a camiseta tem as cores que eu amo, roxo, lilás em um fundo galaxy! ¥

look-ovni-plus-size

Aproveitei a cor da camiseta para combinar com a minha meia calça linda e roxa, que já apareceu em look aqui. Acho que essa saia preta, que também já é coringa dos looks ficou maravilhosa nessa composição. Finalizada com meu cardigã preto comprido e super fininho, ele tem bolinhas de metal fofas.

_MG_4032-1(1)

Adoro essa foto com essa árvore poderosa no fundo.

_MG_4040-1

Minha melissa preta que eu adoro. ♥

_MG_4044-1

Detalhe da maquiagem que foi mais pesada, me achando gótica! E os acessórios com presença de muito spike, porque né, eu amo isso! 😀

_MG_4048-1

Nessa foto dá pra ver melhor a camiseta, que pode ser feita sob medida, é só entrar em contato com a HolyShit, no site tem o email e redes sociais deles. É demais, pois você faz seu pedido e num prazo de 7 dias úteis ele é confeccionado e em seguida enviado pra você, e ó, chega tão perfumado! ♥

Eu usei:

  • Camiseta Galaxy Aliens, HolyShit;
  • Saia preta, Lollaboo;
  • Cardigã preto, C&A;
  • Meia calça roxa, Lupo;
  • Pulseiras Adornare;
  • Brincos, Ebay;
  • Sapatilha, Melissa.

Gente, o look tá inverno, mas ó, dá totalmente para reciclar e fazer virar verão, é só tirar cardigã e meia calça que já vira um look noturno pro verão, e eu com certeza vou usar muito assim!

Agora quero saber o que vocês acharam de tudo, look, make, fotos…

Créditos:

Postado por Helena Sá

Veja também

19/08/15
Eu não me vejo, e você?

Passei uma semana sem postar aqui, em pleno BEDA, e eu peço desculpa a vocês e a mim mesma, pois esses dias me deixei abater um pouco, me senti sem forças, acho que todos nós passamos por isso em algum momento da vida, é normal, a gente só não pode deixar isso fazer parte, ser uma constante e não apenas uma exceção. 😉

Não teve post aqui, mas uma coisa que eu não pude deixar de fazer por compromisso com vocês, foi deixar de postar as mensagens/frases, que posto todos os dias no Instagram e Facebook. Por mais que eu estivesse desmotivada, sei que as mensagens fazem muita diferença positiva no dia de vocês girls. Sei disso pelas mensagens que recebo no inbox da página, nos comentários, e até nos likes e compartilhamentos. Por isso, os “quotes” do Garotas não falharam.

Mas o motivo do meu desânimo momentâneo é também o motivo desse post. Semana passada recebi duas revistas em casa, uma local da minha cidade, e uma de uma marca de calçados de plástico que está lançando coleção nova.

Eu-não-me-vejo-e-você

Eu não me vejo, e você?

Folheei as revistas da primeira a última página, na primeira revista, não encontrei ninguém com manequim acima do 40, e não estou falando dos editoriais de moda, me refiro a matéria de street style, que supostamente foi feita nas ruas da cidade mostrando a diversidade de estilos. Mas de diversidade não tinha nada ali, eram pessoas brancas, magras, descoladinhas (odeio essa palavra), e só! Parecia que quem fez a matéria reuniu seu clubinho, pediu pra vestirem suas roupinhas mais hipsters e fotografou como moda de rua, e isso é qualquer coisa, menos moda de rua. Nas ruas você vê diferentes idades, corpos e etnias, vê classes sociais, vê estilos, ou seja, a rua ainda é democrática, mas a matéria foi higienista e isso é triste.

Eu-não-me-vejo-e-você

Na segunda revista, a dos calçados de plástico, o foco são mulheres jovens, entre adolescentes a moças de uns 25 anos, imagino. E assustadoramente, para essa marca só existem moças dessa faixa etária brancas, magras e de preferência loiras naturais ou tingidas. E isso também é muito triste, pois é um produto popular, todo tipo de mulher dessa idade costuma consumir, e essas meninas, essas moças, não se veem ali, não acham que são bonitas ou dignas de estarem ali representadas. Fico triste de a essa altura de 2015, ainda termos que apontar esse tipo de preconceito na mídia e na publicidade.

Eu-não-me-vejo-e-você

Isso se juntou a algumas outras decepções e me deixou pra baixo, desestimulada de blogar, de passar uma mensagem que aparentemente poucas pessoas querem ouvir. E que algumas das que ouvem, batem palminhas, acham bonitinho a gente falar de inclusão, mas na prática, nas suas vidas, no seu trabalho, nas suas marcas e mídias continuam perpetuando os mesmos padrões, preconceitos e estereótipos.

E esse tipo de coisa me atinge duplamente, pois me exclui como pessoa e mulher, e ainda por cima fecha portas para mim como blogueira e formadora de opinião.

Ah, mas Helena, tem muita marca plus size, tem revista especializada nisso, outro dia a Ju foi capa de revista. Sim gente, é verdade que algumas coisas estão acontecendo, algumas de nós estão sendo ouvidas e nos representando muito bem, mas são casos isolados. Esse tipo de mídia e publicidade que nos exclui é majoritária, e eu ainda vejo essas ações pontuais e isoladas como medida paliativa para manter vendas, não um real compromisso com a inclusão e quebra de padrões.

Muita gente pode vir falar para eu procurar e prestigiar quem nos inclui e deixar para lá quem não quer saber da gente. E sim, eu já prestigio, divulgo e consumo quem faz moda para mim, quem me enxerga como consumidora e como mulher inteligente e com estilo. Mas nem eu nem vocês podemos fechar os olhos para essa maioria esmagadora de falta de representatividade da mulher comum, da mulher gorda, da negra, da mais velha, da deficiente.

Enquanto eu puder eu vou meter o pé nessa porta, não querem nos deixar entrar, não querem nos ver, não querem nos contratar, nem nos ouvir. Mas vão sim ter que engolir, pois eu, nós, vamos descer goela abaixo, vamos pular o muro e vamos entrar. Me recuso a viver apenas no gueto, na zona de conforto que são as revistas, marcas e grupos plus size e feministas, elas são importantes sim, mas nossa voz tem que ir além, tem que chegar na menina que consome o sapato de plástico, na mulher que anda nas ruas.

É… parece que o desânimo passou, tô de volta e tombando tá mores?

via GIPHY
beda

 

Postado por Helena Sá

Veja também