séries e filmes


27/09/13
[Séries] Jane By Design

série jane by design

Jane By Design é um seriado que foi lançado ano passado pela ABC Family. Gosta de moda? Vai adorar!

Jane é uma adolescente que odeia o ensino médio, tem uma queda pelo jogador de futebol mais popular, e sua inimiga é uma ex-melhor amiga, que agora também é a garota mais popular da escola.

Se a maioria dos adolescentes moram com os pais, Jane não é como a maioria. Jane não tem pais, ela só mora com seu irmão mais velho e desempregado, entende de moda e tem um melhor amigo (Billy) que além de companheríssimo é muito querido.

Quando ela vê que seu irmão está com dificuldades financeiras arruma um emprego como assistente de uma designer de moda super exigente. Acontece que no trabalho ninguém sabe que ela ainda é uma adolescente.Agora além de ter de enfrentar a escola ela se divide em duas para se passar por uma adulta, trabalhar no que gosta e ajudar em casa. Para completar Billy, seu melhor amigo, está namorando sua inimiga.

O seriado Jane By Design é uma série de comédia juvenil que lembra um pouco O Diabo Veste Prada. O que me surpreendeu foi a escolha para a protagonista. Erica Desher, atriz que interpreta Jane, ela é carismática e junto com a produção montou uma personagem real, ou seja, qualquer garota pode ser, se identificar e consequentemente simpatizar com a Jane.  Além dos looks dela serem demais:

jjane

Notícia ruim:

A série só tem uma temporada. Mas olha pelo lado bom, é como um filme muito longo, você vai assistir tudo de uma só vez.

Postado por Helena Sá

Veja também

03/03/14
Melhores momentos do Oscar 2014

Se você estava curtindo o Carnaval, ou dormindo ontem à noite, você perdeu uma das apresentações do Oscar mais divertidas, com filmes bons e com uma apresentadora que agitou a festa. Ellen Degeneres contrariou toda aquela fama do Oscar ser uma premiação chata, e fez do Oscar 2014 um espetáculo a parte.

Mas vamos do começo.

jennifer-caindo

Logo chegando no red carpet, a Jennifer Lawrence cai de novo, sim ela já havia caído ano passado ao levar o oscar de melhor atriz! E dessa vez ela quase levou a moça que estava na frente dela junto. 😀

benedict-cumberbatch

Teve o Benedict Cumberbtch, ou o melhor Sherlock de todos os tempos, de zuera na foto do U2. #BonoXatiado

lupita-nyong'o

E a Lupita Nyong’o sendo linda, diva, ryca, princesa, e fazendo um discurso lindo ao receber o oscar de melhor atriz coadjuvante por 12 years slave. <3

selfie-oscar

Não disse que a Ellen mitou nesse Oscar? Ela reuniu nada menos do que esses poderosos da foto acima para um SELFIE, ou o selfie mais retuitado da história do twitter! #power 

E o melhor foram os memes que vieram depois, esse do Kevin Spacey, para mim, é o melhor! 

pizza-oscar

E a Ellen não parou por aí, levou um entregador de pizza para as primeiras fileiras e fez os super astros comerem pizza. Brad Pitt além de ajudar a distribuir e servir, ainda se jogou num pedaço na maior, como se estivesse na sala de casa. #gentecomoagente

leo-perde-oscar

Essa parte foi triste, Leonardo Dicaprio, que todo mundo queria que ganhasse melhor ator, pelo conjunto da obra, e por nunca ter ganhado, não leva! O Oscar de melhor ator foi para o Matthew  Mcconaughey, achei merecido. Mas tadico do Leo. :\

lupita-jennifer-oscar

E nos bastidores ainda teve a Lupita defendendo seu oscar da Jennifer, que concorreu com ela na categoria. Adoro as duas. <3

jared-leto-anne-hathaway

E teve o Jared Leto sambando e atrapalhando a foto da Anne Hathaway, com seu oscar super merecido de melhor ator coadjuvante, por Clube de Compras Dallas.

Agora, os melhores gifs, pois é muito bom! ahahs

Tiveram muitos outro momentos inesquecíveis, selecionei os que mais me marcaram e os mais engraçados.

Quero saber de vocês, o que vocês acharam da premiação? Acharam justos os prêmios? Qual foi o melhor momento?

Postado por Helena Sá

Veja também

22/02/14
[Filme] Medianeras: Buenos Aires da Era do Amor Virtual

Medianeras é um filme Argentino de 2011 que retrata de maneira muito real as relações interpessoais na era digital. O filme utiliza a arquitetura das grandes cidades como Buenos Aires, onde a história se passa, para mostrar como a vida moderna pode afetar as pessoas.

Em Buenos Aires vive Martin e Mariana, dois jovens adultos que tem tudo para serem um casal, se não fosse por uma coisa: Eles nunca se viram. Mesmo morando em prédios vizinhos. Martin é um web designer que trabalha em casa e nunca sai do seu apartamento, tem fobia de todos os meios de transporte e por isso só anda a pé. Ele sai raramente para ir a terapia e levar sua cachorra para passear, coleciona músicas no seu computador e bonequinhos de filmes e desenhos. Já Mariana é uma arquiteta formada que nunca conseguiu entrar na profissão e por isso trabalha como vitrinista. Ela fica depressiva e fria depois de um término de relacionamento e assim como Martin, passa suas horas vagas em frente ao computador.

Medianeras: Buenos Aires da Era do Amor Virtual

Entre narrações que alternam-se, Martin e Mariana nos apresentam suas histórias que podem parecer muito comuns, tão comuns que podem nos assustar. É impossível não se reconhecer nem um pouco na vida de um dos dois. Principalmente nos dias de hoje, onde a tecnologia nos promete nos aproximar, quando na verdade nos distancia cada vez mais criando pessoas frias, que não se comunicam, depressivas e solitárias.  

Ao longo do filme a gente percebe como Martin e Mariana são feitos um para o outro e é quase difícil imaginar que eles ainda não conhecem, mesmo já tendo se cruzado diversas vezes. Enquanto ele procura encontros em sites de relacionamento, ela relê o livro Onde Está Wally? freneticamente, porque simplesmente é frustrada por não conseguir encontrar Wally na cidade.

Medianeras: Buenos Aires da Era do Amor Virtual

É com cenas melancólicas, sarcasmo, humor, e uma boa trilha sonora, que o Medianeras consegue ser o retrato de uma geração, um filme turístico (que mostra a beleza e a feiura de Buenos Aires) e equilibrar perfeitamente o drama com a comédia. Recomendadíssimo! 

Postado por Carina Silva

Veja também

24/01/14
Filmes sobre recém-formados

Particularmente acho os 20 e poucos anos mais difíceis do que a adolescência. A pressão agora não é apenas em cima de deixar a infância para trás, mas sim encontrar uma profissão, se formar, se tornar responsável e independente. Pensando nisso eu preparei uma listinha de alguns filmes que tratam justamente desse assunto: Recém-formados caminhando para a vida adulta. E espero que com um sorriso ou lágrima você, de 20 e poucos, se encontre. Bora lá!

Reality Bites (Caindo na Real) – 1994

Reality Bites (Caindo na Real)

Filme que representa toda a juventude dos anos 90. Sabe aquela música do cantor Beck,”Loser”? Pois é, foi feita pensando nessa geração. Aqui temos Winona Ryder interpretando a recém-formada Lelania, que além de infeliz com seu trabalho de péssimo salário, perde o emprego. Além disso, Lelania tem que escolher entre seu amigo vagal Troy Dyer( Ethan Hawke)  e um cara rico (Ben Stiller). Temas como AIDS e Homossexualidade também fazem parte do enredo. Um filme bem simples, mas divertido e com excelente trilha sonora.

O Primeiro Ano do resto de Nossas vidas –  1985

O Primeiro Ano do resto de Nossas vidas

Esse filme tem quase todo o Brat Pack (atores e atrizes que apareciam juntos em filmes dos anos 80), adoro! Aqui esses sete amigos acabam de se formar e, como o nome sugere, tem que enfrentar o primeiro ano do que supostamente será o primeiro ano do resto da vida deles. Eles passam por problemas como crises no casamento, mundo real, trabalhos decepcionantes, traições, amores não correspondidos e drogas. Tudo isso acaba colocando a amizade do grupo em risco.

É um filme adorável e muito nostálgico. Mesmo sendo dos anos 80 o tema e os dilemas ainda cabem perfeitamente nos dias de hoje. Super recomendado!

Recém-Formada -2009

Recém-Formada

Interpretando um papel muito parecido com Rory Gilmore, aqui Alexis Bledel é Rydan. A jovem tinha o plano perfeito de assim que se formar ir trabalhar em uma conceituada editora e alugar o apartamento dos seus sonhos, mas não foi assim que as coisas acabaram acontecendo. Rydan não consegue a vaga e tem que voltar para a casa dos seus pais, além disso, fica dividida entre seu melhor amigo (apaixonado por ela) e seu novo vizinho brasileiro e sensual.

O filme não tem nada de especial, mas dá para se divertir vendo as situações engraçadinhas que a personagem entra.

Ghost World ( Mundo Cão) – 2001

Ghost World

Nesse filme as protagonistas não se formaram na faculdade, e sim no ensino médio, então,talvez os dramas possam parecer um pouco exagerados, para quem já passou da rebeldia e depressão que vem com a adolescência. Aqui, as amigas Enid (Thora Birch) e Rebecca (Scarlett Johansson) se formam no ensino médio e tem que encarar a vida adulta. Acontece que ambas são completamente inseguras e pessimistas em relação à vida e alguns acontecimentos as fazem crescer, porém para caminhos diferentes.

Eu devo avisar que é um filme um pouco deprê, mas uma boa sessão pipoca.

Postado por Carina Silva

Veja também

03/01/14
5 filmes para assistir já

Quem corre do calor e dos lugares como praias e piscinas cheias do verão, com certeza pode fugir disso em casa ou no ar condicionado do cinema. E é a minha cara fazer isso, por isso vou mostrar 5 filmes que vi por esses dias e que valem a pena a resenha.

1. Capitão Phillips (Captain Philips)

Esse filme conta a história real de um Capitão (Tom Hanks), que tem seu navio sequestrado por piratas Somalis. Mostra todo o drama do Capitão que é levado refém pelos piratas em troca de dinheiro e retornarem vivos para suas aldeias. O mais interessante do filme, é que os sequestradores somalis não são interpretados por atores profissionais, foram recrutados somalis, e eles tiveram a atuação muito elogiada.

o-mordomo-da-casa-branca

2. O Mordomo da Casa Branca (The Buttler)

Também uma história real, mostrando a vida de um dos mais antigos mordomos da Casa Branca (Forest Whitaker). O filme conta sua trajetória desde as fazendas de algodão, quando seu pai é morto na sua frente, até os dias de hoje. Esse filme mostra o racismo e a luta pelos Direitos Civis nos EUA, na visão de um negro que aprendeu a não contestar os brancos e sempre servi-los. Um ponto forte desse filme é o elenco, mesmo em papéis de menor destaque, vários atores e cantores conhecidos caracterizados de uma forma tão interessante, que alguns fica difícil reconhecer logo de cara. Uma dica, Mariah Carey está no filme. 

spectacular_now

3. The Spetacular Now

Uma graça esse filme que não tem título em português. Retrata um adolescente saindo do high school, um cara divertido, amigo e popular, mas que não quer nada da vida, bebe o filme inteiro e só quer viver o momento. Ele tem essa namorada que ele adora, que o acompanha nessa vida de diversão, mas ela resolve terminar com ele, daí ele vai beber e curtir a fossa e acaba acordando em um quintal ao lado de uma garota tímida que ama ficção científica. Filme fofo, adolescente e romântico.

gravidade

4. Gravidade (Gravity)

Esse filme todo mundo já pelo menos ouviu falar ou leu alguma resenha, pois foi muito aclamado por público e crítica. E tem motivo pra isso, eu fiquei tensa o filme quase todo, a ponto de meu bruxismo atacar durante o filme. A trama se passa entorno de uma astronauta (Sandra Bullock), que não é bem uma astronauta (é tipo um Wolowitz), que foi para a estação espacial americana para reparos. Depois de uma chuva de destroços a situação fica crítica, a partir daí a gente agradece a cada 5 segundos por estar no planeta terra, pisando no chão e respirando.

5. No espaço não existem sentimentos

Esse eu nem me atrevo a postar o título original, é um filme Sueco. Conta a rotina de um jovem que tem Síndrome de Asperger (um tipo de autismo), e sempre que passa por algum stress se esconde em um latão que ele fantasia ser uma cápsula espacial, só seu irmão consegue tirá-lo de lá. Sua vida cheia de regras e rotina, muda completamente quando a namorada do irmão termina o relacionamento por causa dele. A partir daí ele passa o filme todo tentando arrumar uma nova namorada perfeita para o irmão, e isso o faz ter que quebrar as suas próprias regras e sair da sua rotina. O filme é uma graça, vale muito a pena ver.

Bom essa seleção de filmes dá pra rir, chorar, ficar tenso, perder o fôlego, se indignar e vomitar arco-íris! ahaha Quem tiver dicas de filmes conta aí! 

Postado por Helena Sá

Veja também

06/12/13
[Série] Underemployed

Olá,olá! É,pois é.Dei uma sumida de novo. Mas semana que vem acabam as minhas aulas e eu finalmente vou poder me dedicar mais para os blogs. Assim espero!

Hoje vou falar sobre um seriado que não é lá muito novo, mas que vale super a pena: Underemployed, um seriado da MTV que estreou em Outubro do ano passado. O assunto principal de Underemployed? Jovens perdidos e adivinhem: Desempregados. Bom, não necessariamente desempregados. Vamos lá:

A série começa quando cinco amigos na faixa dos vinte e poucos anos se formam na faculdade. Cada um está cheio de planos e sonhos para o futuro. Miles quer ser modelo masculino de uma grande grife de moda, Sophia quer ser escritora, Daphne quer sucesso no amor e na vida profissional e o casal Lou e Raviva resolvem terminar, porque segundo Raviva, são jovens demais e devem aproveitar a vida.

Enquanto eles não conseguem o emprego dos seus sonhos, acabam indo trabalhar em empregos alternativos. Acontece que nada vai como o grupo planejou. Miles vira garçom, Daphne acaba se envolvendo com seu chefe (mais velho e comprometido), Sophia vira atendente em uma loja de rosquinhas enquanto tenta aprender mais sobre sua sexualidade e Raviva,ex-namorada de Lou, aparece grávida na sua porta.

Sophia e Lou são os mais carismáticos da série, mas cada personagem tem o seu valor. Ao longo de cada capítulo dá para conhecê-los cada vez melhor. A série consegue tratar de assuntos complicados como gravidez inesperada, homossexualidade, amizade, sonhos frustrados e outros problemas que qualquer jovem adulto conhece bem, de uma maneira bem leve e engraçada.

É quase um Friends mais moderno, mas claro, não é tão maravilhoso nem de longe. Porém vale dar uma chance, é bem divertida.

Dica: A série só tem uma temporada. Então se você gostou, é bom assistir bem devagar para a felicidade durar.

Postado por Carina Silva
16/11/13
Filmes com ritmo de festa!

Oi gente,voltei com mais dicas de filmes para vocês!

O post de hoje é pensando no fim do ano, época em que vamos ver mais os amigos ( ou assim planejamos,né?) muitas vezes para ver um filminho, mas não queremos ver nada que tenha que prestar muito a atenção para poder eventualmente conversar. Então tudo o que precisamos nessas horas são aqueles filmes divertidos que vamos poder assistir enquanto conversa vai conversa vem, comemos  pizza e damos risada. Então borá lá: Filmes com ritmo de festa para ver com os amigos.

Férias do barulho (private resort) – 1985

20496007.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Filme estrelado por um Johnny Depp adolescente e Rob Morrow. Na história eles são  dois jovens em busca de aventuras sexuais durante um final de semana de verão em um luxuoso resort na Flórida. Além de conhecerem mulheres estranhas e bonitas, eles se  envolvem com um ladrão de jóias por tentarem seduzir a sua mulher. É então que toda aquela perseguição engraçada e atrapalhada começa dando lugar a sensação de sessão da tarde total. São confusões bem engraçadas e bobas,mas divertidas. É um filme típico dos anos 80 com muita cena de seminudez,então não veja com crianças por perto. Dica: Dublado é tosco mas é mais engraçado.

Loucuras de verão ( american grafith) – 1973

7

O primeiro filme dirigido por ninguém mais que George Lucas, mas calma: Não tem nada a ver com Star Wars. A história se passa em uma noite de 1962, numa pequena cidade dos Estados Unidos. Os amigos Curt, um garoto certinho, e Steve querem viver grandes aventuras na última noite de verão antes de irem para a faculdade. É nessa noite então que vários acontecimentos ocorrem ao mesmo tempo: A irmã de Curt e namorada do seu amigo, Laurie, briga com Steve, entra no carro de com o forasteiro Bob Falfa (Harrison Ford), que depois disputa um racha; o nerd Teddy pega emprestado o carro de Steve e dá uma carona para a loirinha Debbie e Curt se junta à uma gangue e pratica pequenos crimes.

É um filme que com certeza vai te dar uma vontade de sair de carro na noite.Tem um clima muito gostoso e é bem levinho. A trilha sonora é maravilhosa,muito rock a Billy,você vai querer sair dançando.Dica:Lembre-se que estará assistindo um filme dos anos 70.

Gatinhas e gatões ( Sixteen candles) – 1984

SixteenCandles22

Tem uma coisa legal em filmes mais antigos que é a inocência. Os filmes de adolescente falavam sobre drogas e sexo, mas sem ser vulgar. Sixteen candles é um deles. Estrelado pela ruiva muito pop nos anos 80, Molly Ringwald,o filme conta a história de Samantha, uma adolescente que está completando 16 anos, e que no dia do seu aniversário, devido ao casamento da irmã, toda sua família esquece da data especial.

Ela sonha em namorar o garoto mais bonito da escola que, obviamente, já namora a mais gata. Além de ter sido esquecida pela família, um garoto nerd e mais novo que ela resolve pegá-la para cristo. Festas, mangas fofas,cabelos armados e bailes. Super recomendado quando se quer sair de frente da TV mais alegre. Um dos clássicos obrigatórios dos anos 80.

Detroit rock city – 1999

detroit_rock_city_1999_685x385

Um filme com um humor meio tosco, mas essa é a graça. Se passa em 1978, época em que a Disco Music e o Rock n roll estavam no auge. Quatro adolescentes fãs da banda KISS decidem roubar o carro da mãe de um dos colegas e partir para  Detroit para poder ver o show da banda. É então que eles vivem uma aventura pelas estradas americanas rumo ao show. Ao chegar lá eles se dividem e cada um vive sua aventura particular na procura por ingressos. Muito rock n’ roll na trilha sonora e acontecimentos que vão render boas risadas. Dica: Se você curte rock vai curtir muito mais, claro.

É isso. Peça sua pizza, chame os amigos e divirta-se!

Postado por Carina Silva

Veja também