05/12/17
Use o que quiser, não use o que não quiser

Não usar o que a gente não que usar. Parece bem óbvio, mas vou explicar nesse post e também no vídeo, por que não é tão simples assim.

Tudo que é muito repetido, acaba virando verdade, pelo menos uma verdade superficial, que todo mundo concorda, porque é o mainstream. Use o que quiser! Quer usar cropped, se joga, quer usar mini saia, go girl!

Tá, mas e quando a gente não quer usar tudo que tá por aí? Tá todo mundo usando, tem que mostrar o corpo, tem que marcar barriga! Não tem não! Pode? Claro que pode. Deve? Se você gosta e quer, sim! Mas o fato é que não TEM que usar não.

Parece que eu tô complicando uma coisa bem simples, que é: use o que quiser, não use o que não quiser. Mas não é bem assim quando a gente passa a sentir uma pressão pra fazer isso porque tá todo mundo fazendo, porque tá todo mundo usando.

Tá todo mundo mostrando peito, as novas tendências são o sideboobs e underboobs. Roupa marcando barriga porque ela já foi muito escondida. Sim, concordo que é até revolucionário mostrar. Mas ninguém é obrigado a nada.

E sim, às vezes a gente precisa lembrar isso, mesmo parecendo a coisa mais óbvia do mundo, a gente esquece no meio de tanto lacre e afronta, podemos simplesmente ser o que somos, e usar o que nos deixa confortável, não interessando se é tendência, se é revolucionário, se vai lacrar…

E no final acaba que seguir seu próprio estilo, pensar com a própria cabeça, ouvir um pouquinho o que vem de dentro, ao invés da última tendência, acaba sendo meio que, surprise, REVOLUCIONÁRIO. 😉

Escrevi em texto e gravei vídeo, porque aí quem é de ler, lê, quem é de ver, vê. Beleza? Ah, e quem é de ler e ver, lê e vê! 😅

Agora a hora mais feliz, quando vocês me contam o que acharam do que falei e escrevi? Faz sentido? Viajei? Concordamos? Quero saber! 🌟

Helena SáPostado por Helena Sá

Veja também


Deixe um comentário