27/11/13
RESENHA: O Chamado do Cuco – Robert Galbraith (aka J.K Rowling).

O Chamado do Cuco

O Chamado do Cuco

Aos fãs de Harry Potter, deixo aqui meu alô (colegas) e aos que não leram a saga, aqui está uma nova chance de admirar (ou não) o trabalho da autora. Robert Galbraith, ou simplesmente JK, criou uma história misteriosa em meio às ruas rusticas de Londres, O Chamado do Cuco.

O assassinato da famosa modelo desencadeia essa história. Encontrada sob o próprio sangue em uma noite congelante de Londres, Lula (Cuco) vira capa de todos os jornais e revistas. Será que ela se jogou? Ou será que tinha alguém com ela? Teria ela sido empurrada? Quem poderia ter feito isso com a pobre Landry?

A policial local descreve como suicídio, o irmão adotivo da garota não se dá por vencido e vai a procura de um detetive particular para investigar melhor as evidencias. Strike, detetive que não se encontra no auge de sua carreira, nem de seu casamento, hesita ao aceitar o cargo, mas acaba dando-se por vencido, afinal de contas ele precisava do dinheiro.

Com uma nova assistente, mais do que eficiente, ele começa a busca pelos detalhes do últimos dias da modelo, refaz toda sua rotina e entrevista as pessoas que viviam ao redor de Lula, o que leva algum tempo, todos queriam ter uma parte dela, famosa e com uma beleza exótica, todos queriam ser ou ter Landry.

Mas nem tudo eram flores na vida dela, adotada por uma família riquíssima quando era menor, tornando-se a única negra da família, ela buscava por seus pais biológicos.

Ninguém nega que havia uma grande probabilidade de Lula ter se matado, cheia de problemas, passou por uma clinica de reabilitação e com um namorado mais do que problemático, ela era o assunto preferido da mídia.

Inicialmente Strike não acredita que o caso possa ir muito longe, no fim das contas a polícia já havia investigado e comprovado que não tinha ninguém no apartamento no momento da morte, contrariando a vizinha que afirma ter escutado uma discussão minutos antes da morte. Para a polícia, ela só quer aparecer nos jornais usando, friamente, o suicídio. No decorrer da narração, fica mais do que claro que nem tudo está explicado, o detetive mais do que experiente desvenda os mistérios daquela noite e acaba chegando a um resultado um tanto improvável.

Quem matou Lula? Esse é um mistério que só quem leu o livro sabe.

Minha opinião sobre o livro: Confesso que não sou muito fã de romances policiais e, provavelmente, por isso não achei nada de impressionante na história. É uma leitura um tanto cansativa e em certos pontos sem emoção.

A história acompanha Strike em sua corrida por pistas, pistas que ELE entende, e eu tenho quase certeza que a maioria não vai entender de primeira… Nas ultimas 100 páginas do livro que o leitor (eu, por exemplo) começa a encaixar os fatos, mas isso implicado em quase 350 páginas sem emoção.

Provavelmente se o livro não fosse de uma autora não renomada, eu teria desistido da leitura, uma vez que li o final e desvendei a história, não me arrependi de ter continuado mesmo sem vontade, mas nem todo mundo é tão persistente quando eu.

Para todos aqueles que curtem o gênero, tenho absoluta certeza que serão severas horas de leitura.

Postado por Jonny

Veja também


4 comentários em “RESENHA: O Chamado do Cuco – Robert Galbraith (aka J.K Rowling).”

Deixe um comentário